Com a participação de Joselene Mota – 1a vice presidenta da Regional Norte II do ANDES SN, Daniel Cara – Coordenador da Campanha Nacional Pelo Direito à Educação e Beto Andrade – Coordenador Geral do SINTEPP, será realizada uma live para debater a PL 5595/ 2020, hoje, às 19h, na página do Facebook do Sintepp.

Em meio ao momento mais crítico da pandemia de Covid-19 no Brasil, a Câmara dos Deputados aprovou a urgência na tramitação do PL 5595/2020. A proposta reconhece a Educação Básica e o Ensino Superior, em formato presencial, como serviços e atividades essenciais e proíbe o fechamento de escolas e universidades e cerceia o direito à greve de nossa categoria.

Parlamentares de diversos partidos já disseram que a proposta do PL 5595/2020 coloca em risco estudantes, professoras e professores e demais trabalhadoras e trabalhadores da educação. O Brasil ainda bate recordes em mortes por COVID-19 e, por esse motivo, o que precisamos, com urgência, é de vacina para todas e todos, de um lockdown nacional para conter o número de contágio e mortes, amparado por um auxílio emergencial digno, acima de 600 reais, que permita que as pessoas fiquem em casa sem passar fome.

Diga não à política genocida. Diga não ao PL 5595/2020. Pressione os parlamentares.

Fonte: Sintepp